[Projeto EXPRESSÃO] Condições de trabalho na França

Quer conhecer mais sobre as condições de trabalho na França? Veja o texto abaixo:

por Léa F.

Entre os trabalhos menos qualificados  até o topo da hierarquia, há uma grande diferença das condições em que o trabalho é realizado na França. A dificuldade física aumenta substancialmente para os menos qualificados. Quase quatro em cada dez trabalhadores relatam experimentar ruído e mais da metade dobra seu comércio contra, respectivamente, 6,5% e 8,3% dos executivos seniores.

À dificuldade física , adicionam-se mais restrições de estresse diretamente relacionadas à racionalização das atividades do setor de serviços. A velocidade não é mais só o problema dos operários, isso afeta os vendedores ou operadores de TV, mesmo se o trabalho deles é fisicamente menos desgastante. As situações de tensão, tanto com o público ou com os superiores hierárquicos, estão presentes em aproximadamente as mesmas proporções para todas as categorias sociais.

No início da década dos 80, as condições de trabalho pioraram. Estes dados são retirados de declarações dos trabalhadores : algums refletem uma exigência mais forte ao respeito das condições de trabalho. Esse fenômeno não pode explicar tudo, em particular, a dimensão da degradação das condições de trabalho para as categorias pouco qualificadas. Também resulta do aumento da pressão nos trabalhadores em um contexto de desemprego em massa.

Relativamente ao salário mínimo (SMIC) para trabalhadores na faixa etária acima dos 18 anos, o salário líquido não pode ser inferior a 1398,37 € /mês, correspondente a 35 horas de trabalho por semana, o que representa 9,22 € por hora.

É preciso assinalar que na França, salvo disposição mais favorável aplicável por força de convenção coletiva ou regulamento da empresa, o salário é pago (apenas) 12 vezes por ano e suporta a retenção na fonte de contribuições sociais a cargo do trabalhador da ordem dos 22 %, ou seja quase o dobro do que acontece em Portugal.

Assim, para quem ganha o salário mínimo, a remuneração liquída mensal é de 1096,94 € e a horária de 7,23 €. A entidade patronal na França não faz retenção na fonte de IRS. De qualquer modo, quem ganhar o SMIC, se não tiver mais rendimentos, fica isento de imposto sobre o rendimento.

Anúncios