[Projeto EXPRESSÃO] O NATAL NA MINHA CASA

Como seria passar o Natal na Itália? Quais são os pratos típicos da ceia italiana? É o que a Alessandra nos conta na postagem de hoje. Boa leitura!

por Alessandra Cincotti

Capture d’écran 2015-02-25 à 09.08.49O Natal é um dos eventos mais importantes do ano na Itália. O Natal se celebra no dia 25 de dezembro, mas as festas de fim de ano duram aproximadamente quatorze dias: de 24 de dezembro até o 6 de Janeiro do Ano Novo, o dia da “Befana” (uma espécie de bruxa).
Um dia antes do Natal, o dia 24 de dezembro, toda a minha família  (do lado do meu pai) se encontra para o jantar da vigília que a gente chama “cenone” (literalmente “o grande jantar”), que tem lugar há muitos anos na casa da mesma tia de meu pai.
Nós moramos numa ilha, então o jantar começa com uma grande variedade de “antepastos” de produtos pesqueiros: filete de atum, ovos de atum ou/e de mugem (uma iguaria que se chama “butarga”), espadarte defumada (peixe-espada), legumes frescos e grelhados (beringelas, pimentões verdes e vermelhos). A gente come também ovos recheados com atum e maionese, “bresaola”, presunto curado, mortadella e salame (produtos de charcutaria italiana) e um prato à base de ervilhas, cenouras, batatas e uma maionese caseira, que se chama “insalata russa” (salada da Rússia). O prato principal do menu da vigília é a carne de borrego no forno.
Os doces mais confecionados e conhecidos na noite do Natal são, em geral, para as festas do fim do ano: duas tortas, o “panettone” e o “pandoro” (que não tem nem frutas cristalizadas nem amêndoas).
Como todas as crianças, o “pandoro” era dos dois o meu bolo preferido quando era pequena. A gente come também frutos secos (amendoins, nozes, avelãs e tâmaras). Quando era uma criança, com a minha família , nos íamos à missa de Natal da meia-noite, após o jantar.
Efetivamente, de acordo com a tradição, o Pai Natal e as suas renas passam nas casas à noite. Então, as crianças esperam até o dia 25, na manhã, para ir buscar as presentes debaixo da árvore de Natal. Atualmente, os hábitos da minha família  mudaram: aconteceu várias vezes, após o jantar, de disfaçar-me em Pai Natal para os meus primos e primas.
No dia do Natal, nós organizamos todos os anos um grande almoço na família  da minha mãe. Todo o mundo prepara a comida. O meu tio materno e sua esposa sabem muito bem cozinhar pratos sardos! Nós comemos alguns pratos típicos preparados com massas e pães especiais, queijos feitos de leite de ovelha, carne de borrego condimentada com ovos e limões etc. No final da refeição, nós apreciamos a doçaria baseada em amêndoa e mel, “ricotta”, laranjas e limões. Nós bebemos o licor à base de murta, o “mirto”, e uma água ardente que chamamos “filo de ferro”.
Como podem ver, o nosso Natal passa-se em família  e à mesa.
Na Italia, se afirma “Natale con i tuoi, Pasqua con chi vuoi!”, o que significa “Natal com os seus (a sua família), Páscoa com aqueles que quer!”.

Se você quiser conhecer o Natal em uma família portuguesa, não deixe de ler:

Meu natal em Portugal 

E se quiser escrever um texto sobre a comemoração do Natal em sua família, deixe o seu recado aqui e mande o seu texto. Até breve!

Anúncios